Blog de Lêda Rezende

Outubro 11 2010



Diante do espelho

inventa

mascara

recorda

cicatriza.

 

Diante da palavra

recria

rima

esconde

duvida.

 

Diante do gesto

enxerga

discorda

desafia

nega.

 

O Tempo-é

sem lente

sem-ente

sem flor.

 

Alheio.

 

Entre a presença e a ausência

entre o real e a história

entre o mortal e a memória

sem acerto

sem coerência

habita silenciosa-mente

a Existência.

 

publicado por Lêda Rezende às 15:09

...também podia ter ganho. Ao que havia ,porque não??? Baci.
rafael a 12 de Outubro de 2010 às 23:12

Blog de Crônicas - situações do cotidiano vistas pelo olhar crítico, mas relatadas com toda a emoção que o cotidiano - disfarçadamente - injeta em cada um de nós.
Para os mais curiosos:
On-line!
Meus visitantes

Dating
pesquisar
 
Comentaram o que leram!! Obrigada!!!
Estou bem obrigado
Olá Leda, tudo bem?
Olá LedaVocê está bem?Um Beijo de Portugal
Olá!!!Não consegui encontrar o teu blog no blogspo...
Parabéns pelo seu post, está realmente incrivel. V...
mau e excelente!!!!
Ótimo ||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||...
Gostei.
COMO PARTICIPAR NAS EDIÇÕES DO EPISÓDIO CULTURAL?O...
Blog interessante, é unberleaverble como algo tão ...
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


blogs SAPO